4.4.12

Salada de arroz negro


Tudo tem um tempo nas nossas vidas. Há assuntos latentes por não termos consciência da sua existência e dormentes por não nos interessarem em dado momento. 
Cozinhar foi um deles e no inicio causou-me algum stress. De repente passei de estudante despreocupada a tempo inteiro a estudante preocupada, esposa a braços com a gestão de uma casa e em pouco tempo mãe. Está escrito por aqui que quando casei não sabia cozinhar, só sobremesas que fazia desde pequena. Nesses anos 80 sem net, aprendi através de livros ou por observação noutras cozinhas, uma delas especial de um amigo do meu pai. Porém quem me ensinou a confeccionar arroz foi o Miguel que o fazia na perfeição.
Aos filhos com presença assídua na cozinha, transmiti-lhes o que sabia e aos 13 ou 14 anos eram autónomos na preparação de uma refeição e confeccionavam um arroz solto "al dente".
Hoje depois de milhares de pratos feitos a alimentar diáriamente uma família, a aprendizagem continua. O Miguel curiosamente ficou-se pelo arroz :)
E como o tempo é de festa, reproduzo esta elegante salada criada pela Beatrice Peltre, para levar ao 1º aniversário do blogue da Manuela. A escolha do negro não foi apenas pelo seu aroma e fotogenia, tem mais proteínas e fibras e onze vezes mais anti oxidantes que o integral e não contem glúten. 

Ingredientes para 4

Vinagrete
Sal e pimenta
1 colher de chá de mostrada de Dijon
1 colher de chá de mel
2 colheres de sopa de vinagre de cereja (usei 1 de framboesa)
6 colheres de sopa de azeite

Salada
30 g de nozes
1 chávena de arroz negro
1 toranja
1 bolbo de funcho cortada finamente
1 chávena de uvas vermelhas cortadas ao meio
70 g de queijo feta desfeito (usei chevre)
1 colher de sopa de salsa picada
1 colher de sopa de cebolinho picada
1 colher de sopa de endro picado

Preparação
Para o vinagrete misture todos os ingredientes numa pequena taça e mexa para emulsionar.
Toste as nozes numa frigideira pequena em lume médio por 5 minutos, ou até sentir o aroma e ficarem douradas. Deixe arrefecer, pique grosseiramente e reserve
Coza o arroz de acordo com as instruções no pacote. Quando estiver cozido retire o excesso de liquido se for necessário e deixe arrefecer.
Com uma faca descasque e pele a toranja, retire os caroços, divida os gomos em 2, retire a membrana e reserve.
Numa saladeira combine o arroz, o funcho, as uvas, os gomos de toranja, o queijo e as nozes. Misture suavemente, tempere com o vinagrete e as ervas e sirva.

28 comentários:

  1. Helena uma longa caminhada, tornou-te uma cozinheira fantástica, que inveja :) :)

    Beijinho grande

    Feliz Páscoa

    ResponderEliminar
  2. Fantástica essa saladinha!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Vim desejar:
    Votos de Boa Pascoa :))
    Jocas!!

    ResponderEliminar
  4. Monica, Cidália e Especialmente Gaspar
    Obrigada e uma boa Páscoa!

    ResponderEliminar
  5. Que bela salada, também gosto muito de arroz negro, só é pena o preço assustador que tem habitualmente.
    Boa Páscoa!

    ResponderEliminar
  6. Olá Helena, vim desejar uma Páscoa muito feliz.
    Gostei muito desta salada, está com um aspeto delicioso.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Olá Manuela
    Aqui também tem um preço muito elevado o importado, mas recentemente o Brasil começou a produção e conseguimos adquiri-lo por metade do preço, ou seja cerca de 3 euros 500 g.
    Uma optima Pascoa para ti!

    ResponderEliminar
  8. Obrigada Lenita
    Igualmente!

    ResponderEliminar
  9. um aspeto delícioso - bem primaveril

    Boa páscoa

    ResponderEliminar
  10. JÁ TENHO VISTO ESSE ARROZ NEGRO EM BLOGS ESPANHOIS E ACHO TÃO LINDO.
    A TUA SALADA FICOU LINDA E COM INGREDIENTES QUE APRECIO .
    UMA REFEIÇÃO PERFEITA.
    BJS

    ResponderEliminar
  11. Sabor a casa
    Aqui é outono, mas estão 27 graus o que é bom :)
    Boa Páscoa

    São
    Para mim também é uma refeição perfeita e o arroz é bem saboroso.
    Boa Páscoa

    ResponderEliminar
  12. Nunca vi arroz negro. Mas parece um prato delicioso!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Helena, o Miguel habituou-se às tuas delícias e pronto! Faz ele bem, que a cozinha é tua para nos trazeres estas coisas boas e bonitas.
    Que salada apetitosa, tenho que arranjar o livro da Beatrice.
    Uma Páscoa Feliz com o sabor dos trópicos. Bjs

    ResponderEliminar
  14. Que bela salada de arroz, para a festa da Mané.
    Nunca provei o arroz negro, fiquei curiosa :)
    E preparar arroz foi das coisas mais difíceis e que mais vezes tentei e falhei.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  15. Com que então fiquei-me pelo arroz heim, e os meus bifes mal passados? e as minhas papas de fruta que fizeram crescer fortes e saudáveis os nossos filhos? e os legumes salteados "que faço como ninguém"??
    Fiquei-me pelo arroz...ainda vou dar a conhecer ao mundo a minha cozinha!!!

    ResponderEliminar
  16. Sophia e Ginja
    Tem um sabor mais rico e intenso, mesmo cozinhado apenas com azeite, sal e água.

    É verdade Susana, mea culpa! O meu gosto afastou-o desta área.
    Uma Pascoa feliz para ti e família.

    ResponderEliminar
  17. Miguel
    Isso faz um blogue :))
    Esqueceste o teu bacalhau à Bras sem bacalhau ;)

    ResponderEliminar
  18. Que lindo prato Helena, essa salada ficou deslumbrante! Não conhecia essa variedade de arroz, acho que nunca o vi por cá à venda, pelo menos nos hipermercados normais... Mas vou ficar atenta, gosto muito de todos os tipos de arroz e sou uma curiosa com novos ingredientes!
    Um beijinho e uma Páscoa Feliz:)

    ResponderEliminar
  19. Helena
    Nem sei o que dizer...estou... super contente e enternecida com a tua vinda ao meu aniversário. Dizer-te o que goste mais no teu post é muito difícil. Estou sobretudo enternecida com a tua história, com a tua noção "de tudo ter o seu tempo" e como fizeste o tempo certo no tempo que te foi dado.
    O arroz, é diferente e carinhoso, até porque tem uma característica para mim importante o ser antioxidante. Não conhecia e o facto de mo dares a conhecer também me obriga a dizer com muito agrado: MUITO OBRIGADA.
    Em resumo gosto da foto, da cor, do arroz discreto e do diálogo como Miguel, que saíu do post para o blog deixando transparecer que este ingrediente é um bom motivo para uma boa cumplicidade.
    Muito Obrigada MESMO

    ResponderEliminar
  20. Querida Helena
    Adorei ler o teu texto. Quanto aos "bifes mal passados", "papas de fruta", e os "legumes salteados", fico à espera de ver num novo blogue! ;) Agora o Miguel não tem escapatória!
    Beijinhos e boa Páscoa e espero que venhas a Portugal em breve!
    Sofia

    ResponderEliminar
  21. Ficou absolutamente irresistível!
    Babette

    ResponderEliminar
  22. Helena, passei aqui para desejar uma boa Páscoa a ti e a todos os teus.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  23. Que salada tão bonita! Gosto da mistura de sabores, mas não conhecia o arroz negro. O sabor é idêntico ao arroz branco, ou nota-se a diferença?
    Beijinhos e boa Páscoa!

    ResponderEliminar
  24. Helena, acho esse arroz exótico e ficou tão lindo com esses ingredientes.
    Desejo, uma feliz páscoa para você e todos em sua casa.
    Beijoas,Adriana

    ResponderEliminar
  25. Antes de mais estou curiosa com o "novo blog do Miguel", hehe, depois de ler o comentário dele tenho que provar essas iguarias.

    Esta salada está linda, estou farta de tentar encontrar este arroz e nunca consegui
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  26. Essa arroz é tentador, deve ser fantástico o sabor. Gostei muito das tuas palavras tal como a tua receita fresca e leve pra dias como o de hoje. beijo

    ResponderEliminar
  27. Arroz é uma dádiva, é mesmo uma Festa!

    Chegou o dia do primeiro aniversário e à mesa estamos 33... perdão, corrijo, estamos 34, com a minha prima Margarida que trouxe o ingrediente para fazermos toda esta!

    E, decerto que não nos importamos de partilhar com cada um que nos visite!

    Se alguma dúvida havia sobre a festividade que o arroz encerra ela ficou completamente dissipada com esta festa. Ver chegar cada uma das participações foi também uma confirmação de dádiva, que agradeço com um rasgado sorriso.

    Obrigada, nunca é demais repetir, por partilharem as vossas histórias, por trazerem o vosso arroz e estarem aqui comigo.

    Não tenho a noção de quando tempo teremos estes momentos de partilha, não estou inquieta com isso, mas quero que saibam que o balanço deste ano inesperado aqueceu-me o coração e fez-me sentir grata por cada um de vós.

    A ordem que aqui colocarei as participações será a ordem de chegada, creio não me estar a esquecer de ninguém - sintam-se completamente à vontade para o referirem , se tal lapso acontecer.

    E, por favor sirvam-se… partilhem e saboreiem cada momento neste momento.

    A festa é nossa!

    Vamos, está quase na meia noite, vamos lá saborear todas estas iguarias!

    http://obolodatiarosa.blogspot.pt/2012/04/arroz-e-uma-dadiva-e-mesmo-uma-festa.html

    ResponderEliminar