14.6.13

Ricota com ervas frescas

14.6.13
Originalmente com feta que tanto aprecio e só encontro nalguns locais, a receita estava marcada num livro da Marabout. Troquei-o por ricota e omiti a manteiga, acrescentando uma folha de gelatina, o suficiente para a mistura ficar coesa. Foi barrado nas fatias de um pão luso-brasileiro, a receita do alentejano [com farinha de centeio] com castanha de baru torrada e picada.  A castanha de baru é uma oleaginosa do cerrado com sabor predominante a amendoim. Foi um um dos ingredientes que o Sabores de Canela recebeu no seu 5º aniversário, vindo das talentosas amigas Adriana e Silvana, donas da Anacravo.

Ingredientes
200 g de creme de ricota
2 c. sopa de oregãos frescos picados
1 c. sopa de folhas de hortelã picada
1c. de cafe de azeite
1c. de café de raspa de limão 
pimenta
sal [se necessário]
1 folha de gelatina

Preparação
Misturar as ervas picadas, a pimenta, a raspa de limão e o queijo num robot, ou manualmente numa tigela.Hidrate a gelatina e dissolva-a na menor quantidade de água quente possível. Misture bem com o preparado anterior. Prove e rectifique os temperos.
Coloque numa taça ou forma pequena forrada com película aderente [não usei] e leve 2 horas ao frigorifico. Retire da forma, coloque num prato de servir e regue com o azeite.

23 comentários :

  1. Gostei muito! Tenho um ricotta no frigorífico que foi comprado a pensar em algo doce, mas esta entrada agora deixou-me a pensar no seu destino... Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  2. Que foto linda :)) uma receita simples e perfeita!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os oregãos dão-lhe frescura.Beijo

      Eliminar
  3. Bem original, gostei imenso da ideia. Que saudades dos meu oregãos frescos!!! O vaso que tinha faleceu depois da floração (dava umas folhas tão maravilhosamente grandes!!!) e o que plantei este ano ainda está na cepa torta... Daí as minhas saudades. E também nunca consegui perceber porque é que os coentros nunca ficam frondosos na minha varanda... tenho colegas que têm vasos deles sempre a debitar, e eu tenho sempre um punhadinho quase mirrado. Tirando estas, as restantes ervas estão boas e recomendam-se, mas esta tua receita lembrou-me destes dois fracassos agriculturais :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ondina em Lisboa para ter ervas frescas comprava com frequência pois nao havia planta que resistisse a tanto sol. Aqui basta põ-las à sombra de uma palmeira ou outra arvore e não exigem grandes cuidados. No Verão a época mais quente, chove quase todos os dias. E a terra vermelha argilosa tambem deve ajudar a reter a humidade, crescem mais rápido. É uma terra abençoada para as plantas :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Os óregaos sao perfeitos para esta receita, Filomena.

      Eliminar
  5. Costumo fazer ricotta caseira... vou experimentar esta receita!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. M.João o resultado será melhor sem duvida. Aqui nunca fiz mas em Portugal testei algumas vezes. Beijo

      Eliminar
  6. Um ricotta perfumado! Que bom :) Enche os olhos e os sentidos :)
    As minhas aromáticas estão lindas e viçosas (tirando o manjericão que tenho sempre pouca sorte com ele), apetecem ser usadas em tudo!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ginja
      As minhas tambem estão de boa saúde, embora eu nao seja responsável por isso ;) Beijo

      Eliminar
  7. Adorei esta sugestão!! Fiquei a matutar no saborzinho da hortelã!
    Agora que os dias começam a aquecer e não apetece comer muito, umas tostinhas assim bem acompanhadas sabem sempre bem!!
    Ainda bem que fizeste com ricotta, porque o Feta ainda nao entrou nos meus domínios!
    :)
    Beijinhos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mena com ricota fica bem mais light. E foi feito enquanto falava com uma blogger a milhares de kms daqui ;)
      Beijos

      Eliminar
    2. :) Não me digas?? É sempre bom estar acompanhada na cozinha!
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Que aspecto delicioso. Costumo misturar queijos co. Ervas e o resultado é do melhor :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo, pena não ter aqui todas as variedades de queijo que gosto e a um preço acessível.

      Eliminar
  9. Que fantástico - adorei!

    ResponderEliminar
  10. Deve ser tão bom!!!!
    Vou testar num próximo jantar aqui em casa
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar